RSS

sexta-feira, 6 de setembro de 2013

Feliz aniversário!



Filha;
 
Hoje você completa 5 anos de idade. Parabéns pra você!
 
E parabéns não só porque hoje é seu aniversário, mas também por tantas alegrias e descobertas que trouxe às nossas vidas!
 
Eu até que me preparei pra ser mãe de uma bebezinha, que era comilona, que ria fácil, que cochilava pouco, que prestava atenção em tudo à sua volta.
 
Me preparei pra amamentar, pra fazer papinhas, pra lavar montanhas de roupas.
 
Mas eu não sabia como ser mãe de uma menina, quase mocinha. Que não quer sair de casa se não passou batom, que tem um "porquê" pra tudo, que adora tirar fotos, que bate de frente comigo, que me tira do sério e que, ao mesmo tempo, me enche de orgulho e alegria!
 
Vamos assim, aprendendo juntas. Você aprende a ser filha e a entender sua mãe. Eu aprendo a ser mãe e a entender minha filha.
 
Você enche a casa de alegria com seu canto, sua dança, suas risadas. E, quando tenho que repreendê-la, meu coração fica apertadinho... Mas sei que é necessário, para o seu bem, para a formação do seu caráter.
 
E eu gosto muito do que estamos formando, uma pessoinha que detesta injustiças, que não mente, e, se me esconde alguma coisa, logo vem me contar. Você, como dizem por aí, é "do bem". Não poderia ser melhor!
 
Você está grande, em metragem e em atitudes. Eu fico tão feliz, que me faltam palavras para expressar. E, ao mesmo tempo, fico muito nostálgica. Quando me diziam para aproveitar, que o tempo voa, eu duvidei. Mas voa mesmo! Fico olhando pra você e parece que nem vi o tempo passar.
 
Daí eu tento aproveitar ainda mais o tempo que temos juntas. Brincamos de filhinha, te jogo na cama e te encho de cócegas, faço sua comida predileta só pra ouvir que está uma delícia!
 
Ah, minha menina... Como disse o poeta: "Não cresça mais não, fica pequenininha na minha canção...". Seus olhos de jabuticaba me trazem toda a paz de que preciso. E, ao ver a família que formamos, tenho certeza de que não poderia ser melhor. Não me imagino mais sem você. Você é parte nossa, do papai e minha, e que entrelaçou ainda mais nossos corações.
 
Dizer que te amo é pouco. Como dizemos uma a outra, eu te amo mais. Muito mais.
 
Desejo saúde, que é o primordial, e muita alegria na sua vida! Que Papai do Céu continue te protegendo e guardando, sempre!
 
Um zilhão de beijos, da mamãe (que nessa altura já está chorando...rs)

1 comentários:

Ariane lopes disse...

tati e mili essa musica que voce fez e linda da uma vontade de chorar um zilhau de beijos da ariane e pra voces cabe mais de mim emtra no meu blog saia sem ropa mas nao saia sem rimel

Postar um comentário