RSS

segunda-feira, 6 de junho de 2011

Refeições.

Minha filha é boa de boca, grazadeus. Mas há pratos que ela batizou com esse ou aquele nome e não adianta corrigí-la. Não é que ela não saiba o que é, não é que ela não saiba falar, mas ela gosta de chamar diferente.

- Tudo, absolutamente tudo que vai molho vermelho é macarrão. Mesmo que seja panqueca. Mesmo que seja arroz. Pra ela é macarrão.

- Adora comida japonesa, e fica falando que quer comer peixinho. Mas quando chega lá, chama o sashimi de frango. E sabe que não é frango, mas pede pelo frango...rs. Gosta dos bolinhos de queijo, e não quer os com minhoca...rs. E come aquele arroz branco puro! Eca!

- Pede pra colocar sal no feijão. E todos me olham espantados! Mal sabem que sal é farinha...rs. Sei lá onde aprendeu a gostar de farinha, mas gosta...rs.

- Uva é uva. Jabuticaba é uva. E não se discute.

- Peito de peru é peru. Presunto é peru. Salame é peru. E vai tudo pra pancinha...rs.

Eu corrijo, explico, mas acho uma graça esse vocabulário próprio!

1 comentários:

Fê Mello disse...

Que gracinha, Tati. :)

Beijos,

Postar um comentário