RSS

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

BLOGAGEM COLETIVA: RELATO DE PARTO DO MEU BLOG



Eu era uma jovem, casada e sem filhos. Adorava escrever.Criei um blog, e adorava a ideia. Mas, de vez em quando, faltava assunto. Ou o assunto era tão pessoal que não cabia escrever pra todo mundo ler.

Daí, aos 29 (quase, quase 30) anos, me tornei mãe. Durante toda gestação, pesquisei muito em sites específicos, comecei a participar de um grupo fechado de gestantes que teriam seus bebês na mesma época que eu e aí o bichinho me picou.

Ser mãe é a sensação mais deliciosa, avassaladora, louca e cheia de novidades que uma mulher pode viver. E eu conversava com minha família, conversava com amigos, mas parecia que aquilo não bastava. Eu tinha muito mais a dizer. Toda aquela informação adquirida, toda experiência trocada com minhas "amigas virtuais" e o que eu estava vivendo na prática tinha que ser compartilhado.

Foi então que veio uma ideia: que tal retomar o blog, que estava abandonado desde a época da gravidez? Mas não, não cabia retomar. Era preciso criar algo novo, um espaço fresquinho que guardasse tudo que essa nova mulher-mãe estava vivendo. Não combinava com o blog antigo.

E foi então que esse blog nasceu! Eu não sabia muito bem o que ia escrever, mas o tema central eu já tinha. Afinal, ter um bebê em casa é uma montanha-russa, e o que não faltam são assuntos.

Mas eu não queria escrever só sobre minha filha (tá, ela está presente em 99,9% dos posts). Queria falar sobre mim, pois quando nasce um filho, nasce uma mãe, e aquela "EU" não existia mais. Eu era uma nova pessoa, com novas prioridades e descobrindo um montão de coisas à medida que minha filha crescia.

Além de escrever, eu (e a maioria das blogueiras) começou a ler os blogs das outras mães. Comecei a me identificar, ri, chorei, fiquei na expectativa do nascimento e fiz amizades. Amizades que se tornaram reais, outras não, mas que me são muito queridas.

Então o saldo é positivo. Uso (pra não dizer que gasto) meu tempo escrevendo, desabafando, até reclamando, mas sei que em algum lugar tem alguém que lê tudo isso e até gosta!

5 comentários:

Mamatraca disse...

"Ser mãe é a sensação mais deliciosa, avassaladora, louca e cheia de novidades que uma mulher pode viver." E não é?
Adoramos conhecer sua história!
Beijos

Marina Breithaupt disse...

Adorei a história do início de tudo!!

bjos

Chris Ferreira disse...

Oi Tati,
O saldo de se ter um blog e compartilhar as delícias da maternidade é mesmo muito positivo.
Amei o seu relato
Beijos
Chris
http://inventandocomamamae.blogspot.com/

Adriana Engelmeyer disse...

Adorei o seu parto......bjus

Aline Silva Dexheimer disse...

Olá! Adorei a história e do blog. Se quiser ler a minha
http://www.alinedexheimer.com/meu-mundo-virtual.aspx
Com filhos nunca mais falta assunto, né!
Beijos,Aline

Postar um comentário