RSS

quinta-feira, 7 de abril de 2011

Um beijo.

Minha filha está propagando aos quatro ventos o seguinte: "Eu tô bobói, caí na rua".

E todo mundo fica com dó, procura o machucado, mas ninguém encontra. E sabem por quê? Porque ela caiu na rua há uns 2 meses atrás!

Não sei porque ela gravou isso, mas vive mostrando o joelho e reclamando de dor. Mas eu tenho um potente remédio: um beijinho bem gostoso.

Quando me diziam que beijo de mãe sara tudo eu achava exagero. E parei pra pensar, lembrei que o beijo da minha mãe sarava meus ralados e roxos, sarava até dor de briga com alguma amiga. Até que o beijo deixou de fazer efeito sobre certas dores (coração despedaçado na 5ª série, por exemplo).

Como o remédio "beijo" é gratuito, faz bem pra quem dá e pra quem recebe, Ana é beijada por tudo! Beijo, beijo e beijo, até ela cansar!

Sei que chegará o dia em que ela me pedirá pra diminuir (ou parar) com tanta beijação. Enquanto isso aproveito e dou minhas bitocas sem dó nem piedade...rs.

1 comentários:

Fê Mello disse...

Olá Tati, tudo bom?
Que lindo!! Realmente beijo de mãe não se comprara a nada mesmo... :)

Beijos, e ótima noite.

Postar um comentário