RSS

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Doar faz bem!




Eu já escrevi aqui que minha pequena usou muitas roupas ganhas de amiguinhas. Digo usou porque a que ainda nos manda roupas bacanas está usando o mesmo tamanho que a Ana Elisa, então está ficando mais difícil que algo sirva.

Nunca achei chato usar roupas que já foram usadas por outras crianças. Pelo contrário. Levando-se em conta o tanto que uma criança cresce em um espaço curto de tempo, e levando-se em conta quanto custa uma peça de roupa de boa qualidade, as roupas são sempre bem vindas.

E, assim como usei muita coisa, eu dei muita coisa. Sim, quase tudo que ela ia perdendo no tamanho, eu mandava pra alguma outra menina usar. Guardei, claro, várias peças. E nem foi com o intuito de usar em outro filho depois (quer dizer, outra filha, porque não tem nada unissex...rs), guardei por gostar muito, por simbolizar algo importante, essas coisas.

Então, assim que eu percebo que não serve, já separo. Hoje em dia, as roupas da Ana Elisa vão direto pra uma filha de uma amiga da minha prima. E a menininha faz muito bom proveito. E eu fico feliz, pois assim como eu fui ajudada, não custa ajudar alguém.

Mas, atenção. Nada de doar roupas rasgadas no joelho, ou embaixo do braço. Você usaria uma roupa assim no seu filho? Não. Nem eu, e nem a mãe pra quem você vai mandar as peças.

E com brinquedos? Agora, no alto dos seus 3 anos, Ana Elisa já tem suas predileções por alguns brinquedos. E alguns ela mesma já diz: Mãe, pode mandá pá outa quiança esse binquedo, puque é de bebê. É o que estamos fazendo. Alguns, assim como as roupas, estão sendo guardados. Outros, emprestados pra crianças conhecidas. Mas há os que doamos, pra que outras crianças brinquem tanto quanto ela brincou.

Doar é bom e faz bem ao coração!

2 comentários:

Futura mãmã disse...

E uma boa ação e existem pessoas que realmente precisam, agradecem e sabem dar valor...Outras nem isso rs...

Beijinho

Rose e Lisa disse...

Tati,

Sabe o que acho melhor nesse seu texto, é a Ana Elisa aprender a doar também dividir as coisas dela, a Lisa não dividia nada, só emprestava em casa, mas passava uns minutos pegava de volta da criança, porque ela dizia que era dela e pronto, agora com a Sarah isso mudou completamente, e fiquei muito feliz, ela separa roupas dela, dvds e brinquedos para a Sarah sem eu pedir porque diz que é de bebê e ela já é criança,é muito bom compartilhar...

parabéns por conseguir passar isso para a sua garotinha...

bjs

Postar um comentário